segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Aulas do Projeto de Vida

Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio

Professor Dáyan Vieira de Sousa

video 

 
Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e que de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar "vida".

É necessário ter responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências de cada ação.

As escolhas têm 50% de chance de darem certo, mas também 50% de chance de darem errado e que a escolha é de cada um.

Pablo Neruda: "Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências”.


É importante dar alguns exemplos como:


Participar numa manifestação a favor de um povo timorense pode significar que atribuímos à solidariedade uma enorme importância. A solidariedade é neste caso o valor que justifica ou explica a nossa ação. Mas nem todo mundo possui os mesmos valores, nem valorizam as coisas da mesma forma, que os valores não são coisas e nem simplesmente ideias, mas conceitos que traduzem nossas preferências. É claro que existe uma variedade de valores aos quais damos diferentes graus de importância. Vimos que cada um decide a partir dos valores que consideram importantes para si.
 
Reflexão: Nada mais sábio do que planejar hoje mesmo. Todos nós erramos. Mas o problema maior é persistir no erro e não tomar nenhuma atitude para mudar. Por isso, reflitam no seu caso, planeje o seu futuro, dê meia volta e volte-se para o caminho correto, porque muitas outras decisões ainda virão. E a vida continua.